10º ECOM da UNIASSELVI encerra com Carlos Righi, premiado Diretor da Fulano Filmes, com o tema “Da Criação à Produção”

O último dia do ciclo de palestras da 10ª edição do ECOM da UNIASSELVI encerrou com  tema voltado para o campo da produção publicitária, com suas nuances e diversos VTs de campanhas realizadas pelo palestrante, desde a criação até a sua produção.

 

Sobre o palestrante

Formado em Publicidade e Propaganda pela FAAP. Foi redator na MPM, Young & Rubicam e DPZ. Diretor de Criação da Carillo Pastore Euro RSCG, da QG e da Giacometti. Fez campanhas para Fiat, Walita, Lever, J&J, Hering, Knorr, AT&T, Varig, Bosch, Itaú, Coca-Cola, Credicard, Avon, Kaiser, Brahma, Embratel, Philips, Lojas Marisa. Já ganhou prêmios em todos os festivais brasileiros e nos principais festivais internacionais. Foi jurado em diversos festivais, incluindo CCSP, Fiap (Argentina), El Sol (Espanha), Sinos (Portugal), Achap (Chile), Caracol de Plata (México), Tocororo (Cuba) e Profissionais do Ano (Rede Globo). Já fez palestras em Portugal, Peru, Equador e Cuba. Ex-Presidente do Clube de Criação de São Paulo, eleito em 2001 e reeleito em 2003. É membro do board do New Yook Festival Film & Video Awards, faz parte da diretoria da APRO e da APP. Em 2004 virou sócio da TvZERO, uma das mais importantes produtoras de cinema do Brasil. Em 2007 comprou, junto com sua sócia Krysse Mello, a área de publicidade da TvZERO. Nasceu assim a Fulano Filmes e, logo depois, a Beltrano Digital, a Beltrano Musical e a Sicrano Post.

 

Palestra

Carlos iniciou sua palestra, propondo um bate-papo, mais do que uma palestra. Trouxe vários filmes de sua produtora, referindo às campanhas que produziu recentemente. Sua proposta foi de passar os vídeos e comentar a respeito de cada campanha.

Iniciou com três filmes publicitários produzidos para a Kaiser (cujo jingle ficou bastante popular). Bem humorados, bem estruturados e com muito trabalho de produção e pós-produção. Na sequência, passou mais três VTs da campanha realizada para a Bavária Premium.  A marca registrada em todas as produções foi o bom humor, algo que é característico no brasileiro. Carlos abriu às perguntas ao público em meio às apresentações dos VTs e explicou que os diretores, nessas produções, participam ativamente e contribuem sobremaneira para a consecução do VT. Os roteiros que a produtora de Carlos recebe geralmente vem de forma simples, abertos a serem trabalhados pela produção.

Continuando, apresentou mais cinco VTs agora para uma campanha da Nova Schin, que ficaram famosas no país (cervejão), bem como da Brahma (futebol é coisa de brahmeiro) e da Brastemp (descubra seu lado B). Carlos foi questionado pelo público, curioso em saber dos detalhes, acerca dos bastidores, da casting, figurino, storyboard, entre outros.

Carlos disse que hoje é mais difícil aprovar boas ideias e o valor das produções está mais elevado. Afirmou que as produções não precisam ser necessariamente grandes, mas que devem ser bem feitas e bem estruturadas. Nos roteiros das agências é fundamental que estes entusiasmem a produtora, o diretor, enfim, toda a equipe de produção. A diversão e a boa montagem do cenário é essencial para se obter um resultado legal. Para ilustrar o que disse, Carlos passou três VTs da campanha feita para a Ipiranga (apaixonados por carro) e da Net (o mundo é dos nets). Na Fulano Filmes, Carlos tem cinco diretores, e a maioria opta por filmes que tenham conteúdo bem humorado. A especialidade da produtora de Rigui é comercial e não ‘longas’.

No que se refere aos custos, o palestrante desabafou dizendo que está complicado, pois os clientes não querem pagar o valor das produções, pois eles ainda não aceitam que propaganda não é gasto, mas sim investimento.

Para encerrar, Carlos passou quatro VTs da campanha feita para a Globo.com (o porquinho de moedas, que ficou famoso no país), deixando o recado de que uma ideia criativa, uma produção bem feita, uma boa locação, uma equipe coesa e determinada, aliado a um toque de humor são os melhores ingredientes para uma campanha de sucesso.

 

Apoiadores e patrocinadores

A décima edição do ECOM contou com patrocínio da Ativa Comunicação, Brava Propaganda, FIAT Rivel, Grupo Rede Signs, Kryohunter Comunicação, Olho d’água, Polly Formaturas, Singular Comunicação e RIC TV Record Blumenau. Foram apoiadores do evento: Gráfica 3 de maio, Grupo A Força do Rádio (rádios Clube, Nereu Ramos e 90 FM), Haco Etiquetas, Made in Brazil Agência de Ideias, Núcleo de Mídia Exterior, Sou Digital, Thapyoka Bar e Restaurante, 3 por 9 Comunicação Visual e portal Acontecendo Aqui. Nosso muito obrigado a todos!

 

Agradecimentos

O Prof. Deivi Eduardo Oliari, Coordenador do Curso de Publicidade e Propaganda da UNIASSELVI, agradeceu a presença de todos, especialmente de mais de 30 alunos da Unisul, que vieram de Florianópolis para a noite de hoje, bem assim a todos os que participaram e contribuíram, direta ou indiretamente, com seu trabalho, suas ideias, apoio e otimismo para a realização deste evento e o sucesso que ele representou. Agradeceu ainda a cada aluno e professor do curso, que deu um pouco de si para realizar um evento dessa magnitude. Frisou que “os alunos são o combustível que nos alimenta para a realização desse evento”.

Obrigado, parabéns a todos e até o próximo ECOM!

 

Confira aqui o Momento ECOM que encerra o evento de 2012 e veicula na RIC TV Record de Blumenau: 

 

Carlos Righi: diretor da Fulano Filmes

 

Palestra "Da criação à produção"

 

Movimentação no hall de entrada do evento

 

Equipe de vídeo mandando ver

 

Equipe de organização e apoio do ECOM 2012

Texto: Mauro Celso de Aguiar.

Revisão: Márcia Annuseck. 

Fotos: Felipe Colvara e Equipe NACOM.

Postado em by Prof Márcia em Eventos, Geral

Faça seu comentário

*